segunda-feira, 3 de junho de 2013

A sociedade gosta de mandar
 

Sou uma simples mãe. Mãe de dois filhos maravilhosos que em 2007 e 2009 me escolheram como sua mãe. Desde então que a educação que lhes transmito é aquela em que acredito. É uma educação simples, com valores e com regras.
Já lá vão quase 6 anos que o meu primogénito nasceu... vai agora para a primária, e heis que chega uma nova decisão a ser tomada! Deverá ele ir ou não para a catequese???
Para mim a resposta é muito simples. Não! Eu não sou uma pessoa católica! Não acredito em Deus como a sociedade o fez! Como a sociedade o desenhou! Acredito sim em valores e esses são os que nós transmitimos. Acredito que temos poderes e energias suficientemente fortes para nos tornarmos em seres maiores e melhores.
Há quem ache que "deva" colocar o meu filho na catequese só porque os demais também vão!!! Porque o meu filho pode sentir-se inferiorizado!!! Descriminado!!! Pois, estes não são os meus receios pois, segundo o meu método de educar o meu filho respeita todos tal como eles são e consoante as suas ideologias. Se os outros o tentarem inferiorizar ou descriminar, só provará de que quem não está a ter a melhor educação não será o meu.
Só porque a sociedade, de um modo em geral, segue as leis do catolicismo os demais não têm de o fazer.

Sigamos cada um de nós os nossos ideais!!!
Valorizemos o que realmente é importante e se tivermos de ser diferentes dos demais, então sejemos!

Até Breve
dream
mmpamota

Sem comentários:

Enviar um comentário